terça-feira, 28 de setembro de 2010

Moda de todos mas não para todos


È verdade que todos nós vemos coisas nas montras que gostariamos de vestir, mas infelizmente hoje em dia o bom gosto parece ter emigrado para outras paragens.
Antigamente (e neste caso posso até incluir-me pois os meus 32 já viram muitas modas), havia modas para todos os gostos, todos os corpos, e todos os bolsos.
Para todos os bolsos ainda existe embora a qualidade e o bem estar do nosso corpo esteja sempre em primeiro lugar, mas para todos os gostos e corpos não!
È dificil de imaginar o que eu (agora fazendo parte, embora modestamente de quem dita a moda) passo, para conseguir encontrar algo que agrade a toda a gente e que caia bem a toda a gente, e acreditem que agradar a Gregos e a Troianos não é difícil é impossivel.
Tentem lá voçes, explicar a uma senhora que vista o 48 que o vestido justo acima da coxa que pode ser usado com Leguins (de qualidade claro) e bota de cano alto só temos até o máximo o 42...
Tentem fazer ver a essas senhoras que o boneco dos pneus Michelin só há um e mais nenhum... 
Nós até tentamos colocar as senhoras na Moda, com modelitos que favoreça... porque sem ser exagerada todas as mulheres tem encanto quando realçado... e muitas vezes conseguimos...
Mas sair a rua e ver mulheres de leguins beringela, calções de ganga curtinhos e t'shits de alças (daquelas que mostram a bela da alça do soutien) como me foi descrito hoje não é engraçado e um atentado ao estomago de cada um.........
LIVRA!!!!!!!! E nessas alturas que eu penso uma burka é que era (nem que fosse só daqui até casa)

6 comentários:

Marco disse...

Ui havias de ver os modelitros lá no local de trabalho, é a puta da loucura.

Utena disse...

Acredito.... acredito
Os espelhitos tão caros e o que é

Mega disse...

A leitura deste texto fez-me vir à memória diversas figuras que poderei dizer grotescas que com as quais por vezes me cruzo.
E começando pelo meu local de trabalho em que agora nos juntámos cerca de 700 alminhas o que faz com que a probabilidade de aparecerem coisas estranhas aumentem, o qua por vezes dá vontade de andar de óculos escuros e a olhar para o infinito.
Mas tenho que dizer onde é que se juntam essas espécimes em maior quantidade que é nas grandes superfícies comerciais vulgo shoppings onde se concentram assustadoramente ao fim de semana e mais grave é que teem a mania que estão muita giras...
A educação de um povo (seja em que termos for) demora gerações...
(e nós estamos ainda na primeira creio...)
Um beijo mas estético

Utena disse...

Mega infelizmente o meu dia cruza-se constantemente com as chamadas aves raras do nosso portugal...
E duro mas por um lado faz bem aos abdominais se soubesses a força que faço para não me desmanchar a rir a gargalhada............

Ana disse...

Deixa estar que estar rodeada de fashion-victims tb tem o seu quê de pedagógico...mais que não seja para aprenderes a controlar o riso, qdo elas correm exauridas pelas escadas, equilibradas em saltos impossiveis; ou para perceberes que "nãa...com aquilo vestido não me apanham eles" :D
E que me perdoem as candidatas a "mães sexys", mas stilletos não combinam com parque infantil. De todo!!! Looool

Utena disse...

LOOOL
Podes crer que não mas que fazer com estas pseudo sexys??? Nada.
Vou para a marginal distribuir burkas e já volto
:)))))