segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Vai um copo?

Juro que nunca entendi a expressão "beber para esquecer", nem nunca fui muito a bola do sair a noite apenas para beber um copo. Gosto de viver as minhas experiências sejam elas quais forem em plena consciência delas. Para mim acordar no dia seguinte a uma loucura sem me lembrar de metade do que aconteceu é uma visão do inferno de Dante (perdoem o exagero), sou adepta a loucuras, mas gosto de manter o controlo sobre elas. É a minha palavra de perigo, eu fico em controlo e os que se descontrolam ficam nas minhas mãos.
Não que me vá servir disso para alguma coisa, nem por sombras digamos que é um dos meus pontos de carácter que não abdico.
Posso no entanto dizer que gosto de beber um copo entre amigos de vez em quando… Um belo porto, um óptimo cocktail, uma fresca caipirinha… uma salgada marguerita!
Bebidas que dão prazer em beber num bar com uma óptima musica e uma melhor ainda conversa, por isso não consigo entender o flagelo da bebida na nossa juventude de hoje em dia.
Faz-me aflição ver miúdos com idade inferior a 13 anos perdidos de bêbados em frente a porta de uma discoteca, e bebem porquê? Admirem-se e pasmem-se porque é moda e todos os amigos bebem.
WTF????
Numa época em que o saudável e o biológico esta na moda bebem porque bebem os amigos???
Isto só mesmo a bofetada!
No meu tempo em que beber e fumar, era um grito de independência, estúpido está certo! Ecos idiotas dos anos 60 que se estenderam para os 80 e 90… mas verdade seja dita no nosso tempo nós tínhamos menos informações que as crianças de agora.   Mas agora fazem isso para que? A sério não entendo… Já pus o Tico e o Teco a trabalhar mas não consigo arranjar explicação para uma criança beber até entrar em coma alcoólico porque o amigo bebe, porque vai ser gozado se não o fizer. Que se passa com os país hoje em dia? Queimaram os neurónios com o haxixe que fumaram na juventude?
E depois temos as consequências das loucuras descontroladas destes infantes desregulados, maus resultados na escola, gravidez na juventude, doenças incuráveis, mortes prematuras… Juro não sou retrógrada muito menos um símbolo de bom comportamento… Mas existem simplesmente coisas que não entendo.
Mais que não quero entender!
Não se costuma dizer que o futuro de um país se vê no comportamento dos mais novos? Que futuro pode este pais ter assim? Mas também quando existe um governo que quer aumentar o IVA do leite para 23% e o do vinho se manter a 13% que se pode esperar… Maus exemplos são dados de cima e já dizia Salazar o vinho alimenta metade dos portugueses…

2 comentários:

Mega disse...

E só tenho que concordar contigo.
Sempre que escreves dizes tudo ou quase tudo sobre o tema, e é dificil complementar.
Parabens
Beijo

Utena disse...

Mas sabe bem as tuas visitas e palavras.
Obrigada por elas.
Beijo refrescante