sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

A moda do New Age

Os New Age estão de volta, já estiveram bastante em voga nos anos 60, misturado muitas vezes com LSD e outras drogas alucinogénicas que tal, mas a verdade é que naqueles tempos o buscar incessante de razão, motivos e causas… de fugir dos parâmetros e das condições impostas por uma sociedade rígida dos seus valores levaram à prática de muitas loucuras, algumas com consequências devastadoras.
Agora voltam a estar na moda, a vida saudável, a transferência energética… e ver esta gente que inicia agora os passos neste campo que tanto tem de sedutor como de assustador é fascinante.
Falar então com alguém agora que descobriu algo no sobrenatural, seja ele uma experiencia ou um livro, que tem a sensação de descobrir o ovo do Colombo é de bradar aos céus.
Tentar explicar que os antigos já sabiam isso, que existem registos escritos milenares a explicar o que agora se pensa ter descoberto, que centenas de mulheres e homens foram queimados por saberem isso e quererem divulgar é escusado…  
Aliás escusado e inútil!
E depois com estas novas “descobertas” de espiritualidade, esta nova tentativa de tentar encontrar algo mais que as simples necessidades básicas do ser humano, aparecem gurus de esquina, sanguessugas de valores… energéticos e monetários que dizem ter a resposta para tudo e o que fazem é deturpar realidades maravilhosas e leis de amor básicos mas tão necessários para a mudança que se avizinha.
Atenção nada tenho contra o pagamento de “serviços” usados, até porque quando vamos ao médico, ao advogado ou a qualquer outro sitio pagamos, logo aqui também deveria ser o que me deixa irritada sobremaneira é usarem a credulidade destas “almas perdidas” para recarregarem… o Banco e a si mesmos.
E mais fula fico com as conversas que abundam por aí, dos chamados “donos da verdade”, “senhores da certeza absoluta” numa matéria que em nada depende de nós mas daquilo que nos mostram e das mutações implicadas pelas acções diárias do que nos rodeia.
Confesso que é preciso doses diárias de paciência, para puder respirar fundo e não responder a letra a estas pessoas que se auto intitulam “mensageiros”, os sabe tudo do Séc. XXI que nada mais são que crianças a fazer de parque de diversões, as instalações de uma fábrica de pólvora.
Ver… sentir… provar… ter náuseas…vómitos… dores de cabeça porque nos sentimos drenados como se de um poço em tempo de seca se trata-se não é algo que se deseje… que se grite aos 4 ventos.
Saber e nada puder fazer para evitar… pedir ajuda e nem sempre a ter… desejar ter conhecimento que muitas vezes nos é negado… ter conhecimentos que maior parte das vezes não conseguimos entender até estar na altura certa, não é motivo para divulgações mas sim de desespero que faz sangrar o coração!
È fácil dizer que se é, que se tem, que se sabe… quando nada disso acontece… pois quem consegue tamanhas façanhas não pediu para as ter... foi-lhe “imposto” porque se sabia que tínhamos a capacidade para aguentar o peso que dai advêm.
Mais uma vez não me queixo, não sou mais nem menos que os outros… sou apenas alguém que na maior parte dos seus dias luta para ter paciência e não meter um susto de morte a toda esta gente que aqui anda… que muito sinceramente? Resolvia uma data de frustrações se tivesse umas horas de bom sexo…
As respostas são necessárias mas continuar a procurar motivos na casa dos vizinhos sem antes limpar a nossa não leva a nada.
E principalmente não acreditem em tudo que vos dizem, usem a vossa capacidade de racionalização, pensem…ponderem… procurem e investiguem, pode ser que tenham uma surpresa agradável… uma coisa vos garanto, não existe nenhuma questão que não tenha resposta e muito provavelmente vocês já a sabem é só passarem a ouvir-vos com atenção ao invés de acreditem em tudo aquilo que vos vendem!

6 comentários:

M. disse...

São dogmas senhor. São dogmas:)

Estás bem afiada! Pobre do que se atravessar, hoje, à tua frente:)

Em relação às horas boas...lol Alguns vão com atrasos de meses...de anos até...

Luísa Lopes disse...

"Resolvia uma data de frustrações se tivesse umas horas de bom sexo…"

Ou seja estás a mandá-los levar no c....
Ahahahahahah!!!!!Adorei!!!

Coisas de Feltro disse...

Há pois é.... de repente, toda a gente descobriu a fórmula da pólvora seca!!! Haja paciência e sabedoria para separar o trigo do joio.

Utena disse...

M.
Ando apenas cansada dos "senhores da razão"... dos "sabem tudo" da nova época... e sim se algum se me atravessar a frente não sei como vai ser...
;)

Utena disse...

Luísa,

Basicamente a conversa deles, é conversa de merda... logo que melhor sitio para irem levar?

:)

Utena disse...

Coisas de Feltro, é necessário antes de mais escutarem-se a si mesmas e usarem o cerebro que Deus lhes deu antes de se entregarem de alma, coração e carteira aqueles que lhes dizem o que querem ouvir.

Bjo