quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Tenho o estômago ás voltas


Algures nos infinitos do Universo alguma coisa corre mal… a sério só pode quando energúmenos que querem assumir um papel de líder, e mentores da sociedade, que querem ser eles a cara de uma sociedade saem com as pérolas como aquelas que ouvi hoje.
Sou uma gaja com pouca paciência para merdas que envolvam discussões sobre 3 temas:
Ø  Clube Desportivo,
Ø  Religião,
Ø  Politica.
Por um lado porque são conversas que originam sempre chatices da grossa, por outro porque defendo demasiado as ideias dos outros assim como sou bastante consciente das minhas.
Não imponho se não me impuserem… sou terrível se cruzam a linha imaginária que separa o respeito pelas ideias e pelas ideologias. Minhas ou de qualquer pessoa que esteja presente na conversa.
E quando eu digo má, digo neste aspecto… imaginem alguém muito mau e irónico… mas mesmo péssimo no sentido de não ter problemas em humilhar… sou pior, muito pior.
Hoje enquanto tomava o pequeno-almoço ouvi nas notícias (estou decidida a deixar de ouvir até que passe esta onda cataclísmica qualquer tipo de noticias dos jornais nacionais) a seguinte idiotice do vice do PS:
“Portugal deveria ameaçar não pagar a divida!”
Mas o que se passa com esta gente? Anda tudo com o cérebro transformado em diarreia?
Primeiro temos o filósofo armado em estudante a dizer que pensar em pagar a dividia é ideia de crianças e agora este idiota, saloio cuja mãe deveria ter posto uma rolha para ele nunca ter saído cá para fora com uma tirada desta?
Já não basta a má governação que os iludidos do 25 Abril nos têm vindo a obrigar a suportar nos ter transformado em incompetentes assaloiados agora isto?
Alguém que deveria ser da oposição coerente, mais que fazia parte do partido do governo que assinou o acordo só para começo de conversa… que escondeu a verdadeira situação, que a adiou até nada mais se puder fazer a não ser correr atrás do prejuízo que poderia ter sido evitável tivesse o FMI entrado em 2008… vêm cá para fora e vomita esta enxurrada de disparates?
E depois vêm os comentadores do costume… com as frases cliché do costume entre elas que não devemos viver no passado… porque o que temos de pensar é no futuro e tentar seguir em frente… a sério?
A mim sempre me ensinaram que aprendemos com os nossos erros e que o passado faz parte do que somos… mas acredito que para eles, apenas se referem ao passado que interessa. Que lhes interessa.
Os políticos metem-me nojo… a politica que temos é nojenta e baixa enquanto deveria ser nobre porque o ser humano é ávido de poder e no fim, faz como aqueles que tanto gostam de criticar… dão o cú…humilham-se e dizem barbaridades para este povo cada vez mais estúpido que se agarra a qualquer estupidez que lhes permita de forma fácil superar uma crise que a única coisa que a fará acabar é sofrimento e cumprir compromissos.
Dizem que não se consegue saber qual a primeira profissão no mundo, se a politica se a prostituição… para mim são as duas em igual escala porque os políticos na verdade não passam de put@as de 5ª categoria que rodam a bolsa na estrada e se vendem pelo melhor preço. E mesmo assim elas são mulheres de valor que muitas vezes o fazem para alimentar a família enquanto eles pela ganância de alimentar o monstro que os invade.
E no fim enoja-me ainda mais saber que se eles são o que são é porque nós permitimos que esta espécie híbrida que se diz humana faça o que faz sem sentir na pele as consequências que podem sofrer de tais actos.
Estou negra na alma... mais que isso? Estou fula com um povo que amo e que até ao momento? Apenas me deu motivos para sentir vergonha dele.
Namasté

12 comentários:

Catarina disse...

Utena, clap clap para as tuas palavras, para quem não gosta de discutir política sabes bem do que falas e como falas e sobretudo porque falas!

Em segundo lugar permite-me que guarde uma expressão tua para quando me apetecer insultar alguém de modo diferente do habitual, algo que ficará do género "a tua mãe devia ter colocado uma rolha para não saíres cá para fora!" tive de me rir, nota-se a léguas o teu mau humor, e eu sei que o assunto é sério, mas tive de me rir com essa expressão...
Beijo*

Utena disse...

Catarina,

A verdade é que nesta situação temos mesmo de rir.
Para não chorar pelo menos =) leva a vontade mas tens de fazer como diz o Tochas num espectáculo que vi dele e adorei...
A melhor frase que já ouvi para insultar:
"Vai chocar uma trombose! - By Tochas"
=)
Já imaginaste o olhar se te sais com:
"A tua mãe devia ter colocado uma rolha para nunca teres saído - By Utena"?
Lindo =)

Beijo

Anónimo disse...

Sim , todos nós permitimos que eles se instalassem com a sua incompetência e ganância, sem quaisquer consequências para os actos que possam cometer, como se tem vindo a assistir de há anos para cá... impunes quase destroem um pais e ficam felizes e contentes. Que bom seria se todos eles fossem responsabilizados pelos seus belos trabalhinhos...isso é que era!
Beijos,
OlgaM
PS: Excelente texto! Parabéns!

Utena disse...

Olga,

Sim eu tratava deles muito bem.
Penhorava todos os bens e punha-os a trabalhar nas zonas que mais afectaram...
Certinho como o destino porque na prisão? Ai não é sítio para albergar bestas... apenas humanos.

Beijo

Martini Bianco disse...

É por isso que eu sou um dos desiludidos do 25 de Abril, e já nasci bem depois disso, portanto nem imagino para os que nasceram antes.
Já agora e falando de put@s, visto que os filhos já estão no poder, creio que deveria ser legalizada a profissão. Daria muitos milhoes em impostos.

TERESA SANTOS disse...

Utena,

Como te compreendo!

De facto não há palavras para este desnorte.
A sensação que tenho é que estamos perante um completo desvario em que ninguém (leia-se, NÓS) sabemos o que havemos de fazer.

Já ouço esses "iluminados" o mínimo possível. Recuso-me! A minha sanidade mental assim o exige.

Beijinho.

Anónimo disse...

A primeira profissão acho que foi ESPIAR (espionagem, traição,bufaria), mas a prostituição estã sempre no pódio dos vencedores, seja ela de que forma for:carnal ou intelectual.
Pois é, a carne é fraca e o cheiro do poder imenso e tentador.

A ruiva no seu melhor....

Logos e Praxis

Utena disse...

Martini,

Sempre fui a favor da legalização, estas mulheres sofrem demasiado para não serem protegidas.

Quanto aos impostos... ui era uma óptima quantia a entrar era =)

Utena disse...

Teresa,

Eu também mas as vezes sou violada com esta pérolas que só me apetecem gritar aos 4 ventos.

Beijinhos

Utena disse...

Caríssimo Logos et Praxis,

Nunca tinha pensado que a espionagem fosse a primeira, mas se assim foi era uma triagem e não do Espírito Santo.

Sempre bem-vindo aqui ao meu cantinho como sabe.

Beijinhos

Catarina disse...

Ahahahah.... "vai chocar uma trombose é muuuiito bom!" Guardei essa também... Assim já fico com duas opções! ;)* Bom fim de semana!*

Utena disse...

Catarina,

Sempre pronta a ajudar =)

Bom fim-de-semana