segunda-feira, 2 de abril de 2012

Reflexões

Eu por norma reflicto na experiência que adquiro... serei por isso nobremente amarga ou amarga de uma forma nobre?

12 comentários:

Nokas disse...

Não tens que ser amarga...

Utena disse...

Nokas,

Nem sempre se controla mas sabes que muitas vezes o amargo é mais o facto de não se acreditar em contos de fadas.

Eva Gonçalves disse...

Ainda não tinha visto o novo visual, :) está giro.Vou começar aos pouquinhos a revisitar os blogues. Ora, vamos lá reflectir sobre a coisa... que é para o comentário ser também nobremente digerido por esse leão... :) Eu diria que se és amarga fruto da sabedoria adquirida pela experiência, não tens reflectido para ganhares sabedoria... mas apenas para ficaste mais sábia... Beijinho e boa Páscoa.

Utena disse...

Eva,

Bem-vinda por aqui outra vez...
E digamos que com um comentário profundo como é natural de ti.

Beijinhos e Boa Páscoa

Anónimo disse...

Certíssimo! Também sou como tu!
E que boa questão....será que sou amarga?!
:X
espero que não muito, lol!
beijinhos,
OlgaM

Utena disse...

Olga,

Somos QB sempre naquela dose certa que é necessário em certas alturas da vida.

Beijinhos

Sam Seaborn disse...

Sou muito racional, talvez por isso reflexão faça parte… em todo o caso tenho aprendido muito pela “experiência”, de facto o mais amargo dos três…

o guardador disse...

Acho que a segunda. Sim?*

Utena disse...

Sam,

Escolher o caminho mais dificil trás sempre dissabores...
Mas nunca me arrependo de o fazer

Utena disse...

Guardador,

Depende muito.
Mas sim sou mais a segunda

Catarina disse...

Aprender por experiência pode ser amargo, mas também pode ser maravilhoso, consoante a experiência vivida seja positiva e negativa.
No entanto, o que é mais amargo, perder o que se adquire de boas experiências em que se arriscou e venceu ou aprender olhando pela janela a vivenciar a vida dos outros, o sucesso e os erros por intermédio de reflexão ou imitação?

É certo que é o mais seguro, mas viver é bom demais, para não se viver nada com medo e receio dos amargos, se evitas algo para evitar os amargos como encontrarás os doces?

Sim, eu sei, sou uma idealista, talvez a vida me mude, mas para já é isto que eu acho :)

Beijinho

Utena disse...

Catarina,

Se és uma idealista estas no sitio certo.
Mas sabemos que apenas quem vive sem medo de viver se torna amargo... e apenas doce para quem merece.

Beijos