terça-feira, 21 de agosto de 2012

Menos meus senhores muito menos!

Eu sei que a culpa é minha, já deveria neste momento ter agarrado num taco e ter enfiado umas valentes "bordoadas" nas televisões que tenho em casa, mas depois deixava de puder ver "O querido mudei a casa" e ficava deprimida (not!) e sei muito bem que não deveria ficar surpreendida com nada que se passa neste mundo louco que me rodeia, mas o que querem? Ainda me espanta a abundância de estupidez que existe neste planeta.
Hoje de manhã estava sossegada a tomar o meu "petit déjeuner" (nada como ser fina) e ia-me engasgando no doce de morango quando uma abécula americana (não poderia ser outra espécie de idiota) dizia que a mulher quando é violada tem mecanismos no corpo para evitar a gravidez e que por isso quando engravida foi porque supostamente a violação não teria sido verdadeiramente uma violação.
E eu tento, juro que tento refrear o meu instinto assassino nestes casos (mais que não seja para não fugires Álvaro) mas não consigo! Não seria caso de sodomizar este idiota? Com um ferro em brasa? Não sei! Um pequeno aperitivo do que estas mulheres sofrem de humilhações no decorrer da dita e depois quando apresentam queixa e nas marcas que perduram para toda a vida!
Dizia ele, temos de culpar o violador e não a criança que nasce! Claro porque depois a criança não irá sofrer ao saber como foi concebido.
Fiz o que tinha de fazer na altura que foi desligar o maldito aparelho, já que publicidade de sobra já ele tem, porque nada como promulgar a informação de merda nos canais televisivos, não apenas os nacionais mas também os internacionais.
Rumei em direcção ao sonho, para mais um dia de luta, de vestir as mulheres que adoro, ou de as ver passar com as peças que compram por aqui e que me deixam inchada de orgulho quando uma noticia na rádio me chegou flutuando aos ouvidos que o nosso amigo do "Venha Cá" (não se usa publicidade aqui no cantinho a não ser para a minha loja) tinha tomado a medida de apenas ser permito usar MB ou Visa em compras superiores a 20€ e pronto qual aumento dos combustíveis, qual taxa de desemprego, qual crise o grave é as pessoas pagarem as compras com dinheiro e não com cartões.
E podem já parar por aí com os dedos, eu não estou nem contra nem a favor apenas tenho uns pontos aqui a colocar:
1. Antes de impor regras o senhor da sede na Holanda (é Holanda?) deveria antes de mais ensinar os seus funcionários a não pedir que os clientes paguem com os ditos cartões (muitas vezes contas de cêntimos) porque não têm troco.
2.Porque raio temos de continuar a alimentar os chulos dos bancos? Que custa antes de se ir ao supermercado fazer um calculo do que vamos gastar e levantar dinheiro? Não é a mesma coisa já que quase todos têm caixas multibanco mesmo à mão? Não estará já na altura de perderem esta mania de gastar por conta?
Porque entre o que nós (comerciantes) gastamos de alugar da máquina, taxas por operação, taxas por valor, mais umas tantas pelo caminho e o que pagam vocês (clientes) por cartão e juros de visa de certeza que muito dinheiro era poupado.
3. Se com isso o resultado será o nosso amigo fugir de impostos (que não paga sejamos sinceros) então dêem mais trabalho, pagamos com dinheiro sim mas passem factura, sim porque não se fiem naqueles papeis que saem normalmente isso é apenas para controlar os funcionários que os registam e não para dar uma visão clara ao fisco do que fazem.
A sério deixem de dar valor ao que lhes interessa esquecendo o que realmente conta porque cada vez mais isso se tem tornado uma manobra de diversão que resulta que nem gingas em copo de chocolate (ia uma agora por acaso).
E para terminar o dia nada como uma facada nas costas de alguém a quem fui mais que amiga fui um abrigo.
Já devia estar habituada, não estou!
Não consigo estar. Dói, magoa, fere!
E deixa-me extremamente irritada e fodid@ com a vida!
E eu sou do "piorio" quando estou assim, porque pior que uma fera enjaulada é uma fera ferida!
(olha não houve uma novela com esse nome)
Lá voltamos nós ao inicio do texto o que eu devia era arranjar um taco e descontar neles a frustração que me invade todos os dias pela casa a dentro.
E gente inteligente? Ainda há... please?

18 comentários:

Eolo disse...

Então não há? E nós os leitores?

Utena disse...

Eolo,

Vocês os meus leitores que me acompanham nas loucuras, raivas e momentos meus não estão nesta lista!
São um caso à parte.

Beijo

AC disse...

Infelizmente o mundo tornou-se numa arena de competição, ambição, vaidades, estamos rodeados de gente má e interesseira. restam pouco bons, e mesmo esses correm o risco de ser aniquilados pelos mais fortes.

Fecha os olhos, relaxa, pensa em coisas boas, que te façam felizes, no moço da foto de um post teu anterior...e Enjoy life.

Ignora quem não te estima, quem te fez mal depois de lhe teres feito bem. Sabes uma coisa? Essa gente nunca é feliz, nunca vai ter amigos, e a vida encarrega-se de lhes retribuir em dobro aquilo que fizeram aos outros.

Deixo-te um beijo, e um abraço apertado Utena Maria.

Amanhã estou a ui à porta e espero ver um post de um boy jeitoso..Ouviste?

Utena disse...

AC,

Obrigada.
Por me colocares um sorriso no rosto.
Por estares aí... mesmo que virtualmente sabe bem sabes?
És daquelas almas especiais que gostaríamos sempre de encontrar quando a vida nos magoa a alma e o cansaço invade o corpo.
Amanhã será um dia novo

Beijos

Álvaro Lins disse...

Relativamente à declaração do republicano lá das Américas... sem comentários! Não tem classificação possível!
Passo por "cima dos cartões", pois esse Senhor também não me merece qualquer tipo de comentário!
Já no que toca à "facada", Utena já pensaste que se não fosse uma pessoa amiga não sentias:)?
Por essa razão é se deve ter cuidado com os amigos, porque dos inimigos já sabemos o que esperamos:)
Bjo

Anónimo disse...

Facadas nas costas doem sempre, magoam sempre... e tu, minha querida não mereces...
beijinhos cansados, mas enormes do tamanho do mundo,
OlgaM

AC disse...

Vai ser pois. O sol nasce todos os dias, e o melhor que podes fazer para desarmares um inimigo é nunca demonstrares a tua tristeza ou as tuas fraquezas. Ri-te, deixa que te vejam rir em gargalhadas, ignora no mais puro desprezo quem te magoou.

Amanhã estou aqui à porta... quero um gajo jeitoso para olhar!

Utena disse...

Álvaro,

E hoje não fugiste, ora aí esta a prova que os amigos ficam.
Sou amiga sim mas as vezes gostava tanto de ser menos amiga...

Beijo

Utena disse...

Olga,

Ninguém merece minha querida pois só as leva quem é correcto.

Beijo

Utena disse...

AC,

Assim farei.
Obrigada pelo sorriso que me proporcionaste.

Beijo

Martini Bianco disse...

Duas excelentes opiniões.

Em relação à primeira, quem diz que o corpo rejeita um feto vítima de violação deve viver noutro planeta. Como sabes, eu sou contra o aborto mas até mesmo na anterior e sensata lei sobre o mesmo, ele já privilegiava o mesmo em casos de violação e eu 100% a favor disso. Ninguém merece gerar o que for que seja, vindo de um acontecimento traumático. Acho que só um violador é que seria favorável a isso. Existem opiniões que só se deve lamentar e pedir a Deus que os perdoe.

Já da segunda opinião, temos alternativas ao PD. Quem quiser gastar menos de 20 euros e pagar com o MB pode sempre ir ao Intermarche, ao minipreço, ao Continente, etc. O PD não é a ultima coca-cola do deserto. A mim não me afectará grande coisa, acho que afectará sim ao PD.

beijocas

Utena disse...

Martini,

Obrigada.
No caso da primeira foi mesmo um desabafar que me deixou irritada e que por ser um americano a falar teve honras de noticias nacionais.
Em relação à segunda foi mais uma alerta daquilo que as pessoas dão valor e do tempo de duração da sua lembrança e preocupação.
Cada um vai onde quer, com dinheiro na mão a escolha é de quem o tem.

Beijinho

TERESA SANTOS disse...

Gente estúpida?
Não, querida Utena, não existe!
Não, não é lapso: queria mesmo escrever ESTÚÚÚPPPIIIIDDDDAAAA.

Queres um conselho muito pequenino? Sempre possas tenta não ouvir, não querer saber, não, não, não, não... Olha, não ligar a este bando de ... classifica como quiseres, que a mim já nem isso me apetece.

A facada nas costas? Aí, calma, muita calma! É que isso doi, mas doi mesmo!
Seleccionar melhor os amigos? Será viável? É, claro que é! Mas...? Mas a facadita nas costas nunca se pode prever.

Beijinho (sem facada, está bem?!)

Utena disse...

Teresa,

Bem tento não ouvir e isolar-me... e esquecer... e as vezes caio em tentação.
E dói sim muito...tanto...mas na vida tudo passa!

Beijo grande

FireHead disse...

Gente inteligente?? Eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu!! :P

não poderia ser outra espécie de idiota

Então porquê? O mal era ela ser estúpida ou ser americana? Pudera Portugal ser como os Estados Unidos. Não é por causa duma maçã que abandonaríamos uma macieira, certo? Até porque o comum americano parece ser sempre melhor enquanto indivíduo que o comum cámone português... :)

Claro porque depois a criança não irá sofrer ao saber como foi concebido

Sofrer claro que sofre, mas ainda assim não é motivo para se impedir que ela nasça... ou então todas as crianças nascidas de pais que as abandonaram numa fase posterior também teriam motivos para nem sequer terem nascido (ou, pela mesma lógica, validar-se a sua matança), mas como as coisas não funcionam de forma retroactiva...

Porque raio temos de continuar a alimentar os chulos dos bancos?

O que seria da sociedade sem os bancos? Guardaríamos todos os dinheiro por baixo da cama que nem os indianos? Imaginas-te sem dinheiro no banco? ;)

Se com isso o resultado será o nosso amigo fugir de impostos (que não paga sejamos sinceros)

Fugiu dos impostos? Que eu saiba o Alexandre Soares dos Santos continua a pagá-los... a Holanda ainda não é as ilhas Caimão. A sede está na Holanda mas por cá continuamos a ter o Pingo Doce, portanto...

E para terminar o dia nada como uma facada nas costas de alguém a quem fui mais que amiga fui um abrigo.

Ruivinha, tu és muito superior a essa pessoa que não merece um pingo da tua amizade, nem mesmo que percas o teu preciosíssimo tempo a escrever uma só letra em relação a ela. Quem ficou a perder foi ela.

E eu sou do "piorio" quando estou assim, porque pior que uma fera enjaulada é uma fera ferida

Deu para reparar no teor da tua posta... Definitely you had a tough day...

(olha não houve uma novela com esse nome)

Houve uma novela portuguesa que tinha como título "Queridas Feras", com a Fernanda Serrano e a Paula Neves. Ah, sim, "Fera Ferida" era uma novela brasileira... :)

Coragem, ruivinha. :)

Utena disse...

Fire:
Nunca duvidei que fosses extremamente inteligente e um comentário tão explicativo como o teu merece a resposta em igual nível:
Vamos pois por partes:
Ponto 1:
Os USA são (para mim claro está) dos países mais oportunistas do mundo, compram o que não sabem criar e as maiores mentes que nele trabalham não são americanas.
Aliás muitas delas são luso-descendentes senão lusas de nascimento.
Para mim vale mais o dedo mindinho de um português que a raça toda de déspotas idiotas e pretenso-iluminados americanos que não só são retrogradas como preconceituosos.
Ponto 2:
Sei que és contra o aborto ao contrário de mim que sou a favor apenas não a favor da sua banalização.
Falei exclusivamente de um caso e não do fenómeno abusivo que se vê por aí. Uma violação é o pior acto de humilhação e barbárie feito a uma mulher.
Ela não só tem o direito de não ter uma criança como uma criança não deve ser exposta ao saber a sua forma de concepção.
Existe claro quem os tenha aplaudo quem o faz mas és capaz de garantir que nunca numa discussão a criança será acusada de ser a presença física da desgraça que invade os pesadelos da mãe?
Ponto 3:
Imagino-me sim a viver sem eles.
A banca é a instituição que rege o mundo. Abre os olhos e cheira a realidade. Esta na altura de lhes mostrar que o dinheiro com que trabalham não lhes pertence.
Ponto 4:
Neste caso acho sinceramente que estas a ser irónico, aliás assim o espero.
Este senhor como as grandes fortunas deste país foge aos impostos. Não sabias? A sério?
Olha a ironia da situação. Lá porque pagam alguns acham sinceramente que declaram a totalidade de rendimentos e bens?
Serás tu o último crente deste país?
Ponto 5:
Sim tens razão talvez não mereça mas eu exorcizo os meus problemas escrevendo. Seja o texto irónico, um conto ou mesmo uma simples frase é sempre um exorcismo de mim.
Terminando foi definitivamente um dia mau, mas eu aos dias maus como ao pequeno-almoço é dos bons que tenho medo porque por norma depois pagam-se sempre.

Beijo meu Cruzado
PS: Ufa cansaste-me nunca tinha escrito tanto numa resposta

Catarina disse...

Pois a tv, não ouvi essas declarações bonitas mas acabei por descobri-las ao longo dos blogues, há notícias que parece que não tem como fugir delas, parece que nos perseguem.

Em relação ao Sr dos states, cá para mim ele espirrou e saltou-lhe um bocado do cérebro. E sim eu continuo a ser contra o aborto porque não a criança continua a não ter culpa. Agora o sr acéfalo dizer que numa verdadeira violação não há concepção, deixou-me com vontade de falecer. O homem é burro e envergonha as pessoas que de facto são contra o aborto. Esse sr. é um idiota, pronto.

Em relação aos cartões multibanco, eu acho que não custa nada de facto às pessoas passarem pelo MB que os há em todo lado e pagar com dinheiro, pois tenho consciência de quanto vai para os bancos com essas transferências, somos dos países que mais utilizam o MB e isso é dar dinheiro aos bancos, e acho que já lhes damos bastante, somos um bocado acomodados eu acho.

Quanto à facada... Não matam mas moem, é o género de coisas que nos vai tornando frios e com medo de nos relacionarmos, é o género de coisas que nos fere, mas se sabes de onde veio a facada ainda vá que não vá, quando elas nos são desferidas sem que saibamos de onde vêm, para mim ainda é pior, porque quando se sabe de onde vêm tens hipótese de dizer bem o que tens a dizer a quem tas diferiu, não cura mas alivia, alivio que fica a faltar quando não sabes de onde vieram as facadas.

Bem espero que hoje essa carinha tenha um sorriso lindão e grande como o meu está hoje e como pretendo mante-lo :)

Beijinhos nessa bochecha e um abracinho, assim dás-me tu a mim e eu a ti, é um bom dos abraços :)

Utena disse...

Catarina,

Certas pessoas deviam ter a boca selada à nascença mas a verdade é que cada vez me questiono mais onde para a inteligência neste mundo.

Beijo e abraço
(gostei da descrição do teu tens toda a razão)