quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Olho e observo

Há dias que me custa sorrir, dias que aparentemente se estendem iguais entre si mas que para mim me deixam dormente da vida, ausente do espaço... fora da realidade!
São dias cinzentos de luta constante contra a angustia que me invade, sinto a pulsação irregular, o estômago embrulhado...são dias em que o mundo passa ausente de sentimento, onde as conversas fluem sem as conseguir agarrar!
Detesto-me nestes dias, fico uma sombra do que sou...assustam-me porque receio perder-me no nevoeiro do momento e de realidade passar a uma imagem não mais que fantasmagoria de mim.
Olho e vejo uma realidade da vida paralela que não gosto porque vejo o mundo negro e pobre que nos rodeia...fico nauseada, incomodada...com raiva do que nos tornamos envoltos na capa do que não somos!
Tento passar os minutos o mais tranquila possível, não confio em mim nestes momentos, segura de mim controladora por natureza perco rapidamente o norte e as crises de nervos que me assolam fariam os tornados serem brincadeiras de criança... não confio no que sinto, não é justo o que me torno para quem me rodeia!
Respiro e forço o sorriso!
Amanha será definitivamente um novo dia...voltarei de certeza a ser mais real...a sensação passa... as cicatrizes demoraram mais um pouco!
O que me custa mais nestes momentos é saber que mesmo passando, mesmo podendo manter a máscara sou mais frágil do que aparento e mais humana do que aquilo que gostaria de ser!


26 comentários:

Anónimo disse...

«sou mais frágil do que aparento e mais humana do que aquilo que gostaria de ser»... é tão verdade minha querida.. tambem eu me revejo nas tuas palavras.. são dias dificeis que passo agarrada à esperança mais ou menos longinqua de que dias de alegria voltarao à minha vida.... mas é dificil quando vivo rodeada por desilusoes e angustia...força..amanha será um novo dia! <3
OlgaM

Utena disse...

Olga,

Respiramos sorrimos e seguimos em frente amanha será um novo dia!

Beijos

L'Enfant Terrible disse...

O que melhor tem a vida é que nada dura para sempre e como tal embora muitas vezes tudo pareça igual há sempre algo que muda num dia qualquer, normalmente quando menos se espera, ou quando notamos sem querer!

Utena disse...

L'Enfant,

Verdade!
Como sempre em pouco dizes tudo!
Obrigada pela passagem e pelo carinho

Lynce disse...

Sabes o que queres da vida? Quando o teu caminho parece encurtar e as nuvens negras pairam sobre ti, não te assustes, porque ao virar da curva haverá um outro caminho e o sol surgirá. E andamos nós, nas correrias do dia-a-dia, a encher balões para que o nosso ar atinja ao céu e pensarmos que assim o conquistamos. Enganados estamos. Caramba....é difícil acordar e fazer do dia uma matéria proveitosa e interessante.

Beijinhos querida e vamos lá a sorrir, nem que para isso tenha que te fazer cócegas.

Adenda:
Espero que não te zangues por te chamar "querida", mas não há outra intenção para lá da amizade. Juro!

Utena disse...

Lynce,

Começo pela adenda:
Alguma vez eu me chateava por me chamares um termo carinhoso?
Nada disso chama à vontade!
O resto, vamos vivendo um dia de cada vez, sorrindo e respirando aproveitando o que temos e tentando ser feliz!

Beijos Charmoso

JP disse...

Amanhã será sempre um novo dia...sem nevoeiro, para ti que és humana sim.

E que respiras.

E que sorris, sem forçar!

Beijo

Utena disse...

JP,

Sinto-me apenas cansada!
Muito!
Amanha será um novo dia!

Beijos

Enigma disse...

:( o minha linda não gosto nada de te ver assim,anima-te anda lá :))))

Beijocas...

MisterCharmoso disse...

Amiga não há bem que sempre dure nem mal que nunca acabe
Beijo

AC disse...

Temos todos dias assim, amanhã vais continuar a lutar, vais voltar a ter esperança e a acreditar, porque és uma guerreira, lutadora e não te permites o desânimo.

Força, andamos todos a precisar de um abraço, de palavras de conforto, o mundo está a mudar e a adaptação está a ser muito dura para todos nós.... um beijinho

FireHead disse...

Se há coisa pela qual esperamos sempre mas que nunca chega, essa coisa é o amanhã.

Tal como o que é bom não dura para sempre, também o que é mau não é eterno.

A esperança ajuda a viver. Portanto amanhã será sim um dia melhor. Há que acreditar nisso.

Beijinhos.

dom disse...

Pensa apenas que faz parte da caminhada e que o caminho faz-se caminhando e que nunca estamos sós.

sabes bem :)

Beijo grande !

Observador disse...

"Olho e observo"

E o que vês?

Bj

Utena disse...

Enigma,

Tudo passa!
Para ti sorrio sim :)

Beijos

Utena disse...

Mister,

Até pode ser mas custa a passar como o C@ralho!

Beijos

Utena disse...

AC,

Se estão minha querida!
Mas mulheres como nós que não se rendem dão a volta por cima nem que seja à força!

Beijos

Utena disse...

Fire,

Não dizem que é a fé que nos salva?

Beijos

Utena disse...

Dom,

Sei sim!
Mas as vezes certos caminhos temos de os percorrer sozinhos.

Beijos

Utena disse...

Observador,

Que o mundo esta negro e a humanidade podre!

Beijos

FireHead disse...

Depende da fé a que te referes. Além de que não adianta ter fé se não produzirmos obras que condigam com a fé.

Utena disse...

Fire,

Fé não tem credo ou religião!
Fé é apenas a nossa alma que nos dá esperança

Teresa Santos disse...

Utena Maria,

Que é isso? Olha que te bato?

Não, não me consegues assustar. Sei que pessoas com a tua fibra rapidamente "sobem a montanha". Nunca ficam lá em baixo muito tempo, nunca.

Que continues assim, sempre!

Beijinho

Utena disse...

Teresa,

Até os fortes quebram as vezes!
Isto passa!
Temos de seguir em frente!

Beijos

cannis luppus disse...

Estranho rever-me em parte como num espelho o que li e reli... Cheguei a sentir um breve choque elétrico quando cheguei ao ultimo parágrafo.
Pena não ter tido o previlégio de conhecer o rosto por detrás das palavras... sim porque eu também me guio pelas prioridades dos outros/as, e sei que tens outras prioridades não que isso me deixe triste, não. e muito sinceramente desejo a tua felicidade acredita :-) apesar de por vezes guerrear comigo mesmo, como acontece neste momento. o meu tempo é outro, ou melhor, também é dos outros... sim esta é uma espécie de despedida, como uma vela que deixou lentamente de ter pavio para que continue acesa. estarei por aqui mas provavelmente em silêncio mas não totalmente ausente... Que o espirito do "lobo" possa em certa medida gravar nas nossas mentes a memória de cada um de nós... bye & sweet kiss ;-)

Utena disse...

Cannis,

Tu nem te atrevas a desaparecer!
Que é isso?
Nada de apagar a vela que eu gosto muito de te ter aqui.

Beijos