terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Esta incredulidade que me assiste

Certas coisas continuam a fazer-me confusão, verdade que sou picuinhas em vários assuntos, que certos temas me deixam com alergia quando tratados com tão pouco respeito, com pouco valor.
Ontem estive a ouvir a reportagem da TVI sobre os colégios privados com apoio do governo e confesso que fiquei completamente estúpida a olhar para a televisão!
Sim eu sei que certas coisas já não deviam surpreender-me, que estamos numa fase onde meios não justificam o fim. Num tempo em que os mais espertos proliferam tal qual vermes parasitas em redor da carniça mas falamos aqui na educação dos mais novos, na obrigação de um estado de proteger as mentes e de as preparar para o futuro.
Admiram-se de haver tão pouco respeito hoje em dia? Quando essa mesma falta de respeito existe nas próprias escolas?
Professores ameaçados para não passar alunos para não baixar a média do colégio, alunos cuja matricula não é renovada porque se trata de um aluno mediano, turmas com excessos de alunos ao passo que cada dia mais professores se encontram no desemprego.
Juro não entendo.
E depois temos directores ofendidos a barafustar com a repórter quando se sabe que a pala de patrocínios possuem frotas de carros em nome próprio, é que ainda por cima são estúpidos, é quase como eu ir assaltar um banco e dar o meu nome e a minha morada.
E nada se faz, tudo passa impune por entre as gotas de chuva, ao passo que se um desgraçado for apanhado a roubar um pão PORQUE TEM FOME vai de cana sem apelo nem agravo.
O mundo ando mesquinho, pequeno, sujo... admiram-se destas mudanças? Destes estados que se sentem? Destes acontecimentos sem justificativa?
Metam a mão na consciência e depois digam-me se faz ou não sentido.

8 comentários:

L'Enfant Terrible disse...

Mais um maravilhoso exemplo do novo mundo do Neo-liberalismo, que é como quem diz, o retornar da sociedade feudal e dos privilégios para alguns!

Lynce disse...

Em qualquer pais civilizado esta gente sem vergonha era imediatamente presa e suspensos de exercer qualquer cargo publico. Infelizmente em Portugal a culpa vai morrer solteira e daqui a uns dias já não se fala no assunto, até aposto que todos estes diretores (doutores da mula russa) tiraram o curso ao domingo ou nas novas oportunidades porque para chegarem onde chegaram e como chegaram, não necessitam muito mais, mas têm mesmo que ser doutores, dá jeito.
Beijinhos!

AC disse...

Ficamos boquiabertos com o que se passa à nossa volta. este é um mundo cão, cada vez mais. Assusta-me acreditas?

Beijinhos Ruivinha

AC disse...

O mundo anda mesmo mesquinho, e sobretudo muito injusto.

Beijinho*

Utena disse...

L'Enfant,

A verdade é que isto é tudo culpa nossa porque deixamos andar e viramos a cara para o lado

Utena disse...

Lynce,

Juro que cada vez mais menos paciência tenho para esta gente pequena de baixo nível que usa da bondade dos outros.

Beijos

Utena disse...

AC,

Acredito somos iguais e eu sinto o mesmo!
Enfim... é o que temos

Beijos

dom disse...

Como Pai choca-me isso tudo e muito mais...sou do tempo em que se faltasse ao respeito a um professor levava uma galheta dele, e chegava a casa levava outra do meu Pai. Sou do tempo em que más notas significava castigo para mim e não para os professores. Faz-me confusão os professores serem acusados pelos pais de meninos que não querem estudar, que são vandalos e que como podem deixar de receber o RSI por causa das más notas, ameaçam pais com armas... RSI ...devo dizer que não é Rendimento Social de Inserção...é mais ROUBO SOCIAL de INSERÇÃO...e eu sei do que falo ...havia tanto por dizer ...
Beijo nosso!