quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Vamos apenas por um momento imaginar

Espreitem pela gota de orvalho e idealizem como seria o vosso mundo perfeito, conseguem?
Idealizar um mundo onde se poderia viver sem ser num mundo de fadas mas um mundo justo que nos faz ter orgulho de o chamar nosso.
Hoje enquanto fumava um cigarro e observava a chuva a cair, deixei a mente viajar para o meu mundo perfeito.
Nada de muito fantasioso tudo muito simples... mas gostava no meu mundo perfeito que todas as crianças pudessem ser crianças, que os animais fossem protegidos e amados da forma como amam... que os velhos (e sim chamo velhos com amor no coração) tivessem o abrigo que proporcionaram aos filhos.
Que os lares fossem casas de felicidade e as cresces de comunhão... que os abrigos fossem apenas de passagem.
Que os momentos de tristeza fossem apenas aqueles que sentimos na perda de quem amamos e que os sorrisos não se limitassem aos lábios... se estendessem aos olhos.
Que não houvesse mentira, nem deslealdade... onde o pedido de desculpas não fosse dado por obrigação.
Onde o estender de mão fosse hábito, o sentido de ser solidário sem interesse e a beleza de ser amigo fosse real.
Onde fosse fácil amar, sem pedidos nem exigências nem mudanças mas partilhas.
Um mundo onde a ignorância não seria usada para justificar actos que nada têm de justificável... e onde os momentos não fossem únicos mas eternos.
Um mundo que na sua imperfeição soubesse ser perfeito, porque a vida para ser vivida tem de ser memorável... então que o fosse mas que prevalecesse o saber ser humano.
Um mundo onde se saberia que a palavra humano nada tem a ver com o ser mas com a alma.... eu gostaria que o meu mundo fosse assim.
De dialogo, de ajuda e principalmente de momentos.
E o vosso?
Conseguem idealizar?
Namasté

16 comentários:

Luna disse...

Seria ideal... mas é utópico!









Beijocas minha ruiva

Turista disse...

Querida Utena, consigo!
Gostei da tua descrição do mundo perfeito e estou de acordo.
Gostava que existisse um mundo onde nunca, ninguém tivesse fome!
Mesmo!
Beijinho e obrigada pela reflexão.

Bruna disse...

Um mundo simples de afectos, seria tão perfeito!

O mundo é perfeito, nós é que não o somos :(

Bjnhs

JP disse...

Idealizar já passou o tempo...ou talvez não. Mas acho que já perdei o popder de acreditar!

Agora só sonho...

Beijinho

Anónimo disse...

Um mundo perfeito? Onde todos fossem felizes...respeitando o proximo... onde as pessoas nao se usassem.. nao fizessem joguinhos... onde todos fossem genuinos e sem mascaras...onde nao houvesse maldade...
beijinhos,
OlgaM

Alexandra disse...

Não sei se ontem o meu comentário seguiu, assim sendo, escrevo hoje um novo. 
O nosso mundo é o espelho do que somos, certo? Desta maneira creio que ainda existe um certo equilíbrio entre o belo e o grotesco, o bem e o mal... mas sim, desigualdades são muitas e não o deveriam ser!
Partilho da opinião, pensamento que escreveste. Tudo seria tão melhor se cada um de nós deixasse emergir aquilo que de melhor existe. Fazem falta palavras, fazem falta acções que demonstrem, mostrem o quanto humanos ainda somos!

beijinhos e bom fim-de-semana!

AC disse...

Gostava que no meu mundo perfeito todas as pessoas pudessem ser convenientemente amadas, encontrassem uns braços abertos para as receber e as apertar nos dias maus.

Beijo*

Utena disse...

Luna,

Mas mal nenhum existe no imaginar!

Beijos

Utena disse...

Turista,

Isso seria tudo!
E o ideal também.

Beijos

Utena disse...

Bruna,

Porque procuramos a perfeição onde não existe!

Beijo

Utena disse...

JP,

E o sonho comanda a vida!
Não?

Beijo

Utena disse...

Olga,

Onde pudéssemos confiar!

Beijos mana

Utena disse...

Alexandra,

Por acaso não seguiu.
Mas o mundo assim não era difícil de criar pois não?

Beijinhos

Utena disse...

AC,

Existe quem tenha a sorte de ter isso e não lhe dá valor!
E não sabem o bem que isso faz!

Beijo

FireHead disse...

Posso ser desmancha prazeres, para não variar? Nesse teu mundo imaginado, as pessoas alimentam-se unicamente à base de vegetais uma vez que os animais são protegidos?

Mesmo quando nos atrevemos a idealizar, há sempre umas arestas aqui, outras arestas ali, que à luz da razão parecem não fazer o mínimo sentido. Mas isso é a minha maneira de ver as coisas, claro.

O mundo real não é assim porque é imperfeito. A piada consiste em conseguirmos enxergar algo de perfeito no meio de tanta imperfeição, o que nos faz crer que afinal sempre vale a pena por cá andarmos.

Aloha.

Utena disse...

Fire,

Não podia esperar outra coisa de ti que não fosse discordar.
Eu poderia muito bem viver apenas de vegetais não esta aqui em conta o comer ou não animais mas a FORMA como são tratados!
Temos ideias diferentes do mundo!