quarta-feira, 23 de abril de 2014

Última tentativa

Não sou de desistir de nada, de me afastar do que me dá luta ou do que me dá prazer... mas não sou também de dar murros em ponta de faca ou de insistir com algo por pura teimosia!
Não tenho vindo aqui...não vos tenho lido... de alguma forma é como se existisse duas Utenas... uma delas tem vontade de escrever a outra não se consegue exprimir.
Sendo a escrita parte do que sou é normal que me sinta quebrada quando não escrevo... por isso vou tentar mais uma vez... mais uma tentativa porque detesto aquela sensação do "e se"...
Caso não o consiga... fecho o blog...
A ver vamos....
Namasté!

6 comentários:

dom disse...

para e desistir são palavras diferentes ... podes parar por vários motivos e retomar quando estiveres "pronta" ou desistir e acabar de uma vez ... não te vejo e sei que não és uma mulher de desistir ... pelo que acho que se sentes que deves parar para ... reencontra-te .. agora desistir ??

Amo-te

Beijo

Utena Marques disse...

Dom,

A tua opinião que aceito, mas discordo... não tenho um blog aberto sem o alimentar...não quando sou a primeira a criticar quem o faz!

Amo-te
Beijo

Jorge disse...

Desistir é comigo mesmo. Sou muito bom nisso. Certa vez, numa maratona ouvi um colega de equipa comentar sobre uma subida muito acentuada próximo do quilometro 30,(que é o km dramático): "ao primeiro sinal de desistência, desisto mesmo e não continuo". Disfarcei, olhei para o lado e sorri de mim mesmo, pensando: Eu também.

Nunca tracei planos e objectivos na vida. E cada vez mais gosto disso. Talvez a vida seja como uma maratona: para não estoirar-mos de vez, por vezes é bom relaxar e não preocupar com nada, mesmo que o mundo esteja prestes a cair-nos em cima.

Utena Marques disse...

Jorge,

Cada dia concordo mais contigo, sobre o viver o dia a dia e não sobre o desistir, nesta vida nada corre conforme planeamos então para que fazer planos certo?

Jorge disse...

Utena,
Sou um gajo solitário, mas muitíssimo feliz. A vida tem sido generosa comigo, não me posso queixar, mas também nunca a levei demasiado a sério.
Beijinho e bom fim-de-semana!

Utena Marques disse...

Jorge,

A vida é para ser vivida... e o "sério" é relativo.

Beijinho