quinta-feira, 8 de maio de 2014

Coisas que me fazem confusão...

Seria natural que as pessoas evoluíssem, não sei chamem-me idealista mas em pleno séc. XXI faz-me imensa confusão a mentalidade pequena que por aí abunda.
Independentemente de não concordar com algumas ideias e atitudes sempre fiz questão de as respeitar, desde de que, e aqui o QUE é obrigatório, respeitem a minha.
Ultimamente tenho dado por mim a ver uma fracção de "indivíduos" muito preocupados com as ideias do Papa Francisco e com as suas atitudes de mudança na Igreja. Que o medo da mudança é uma coisa que existe não tenho dúvidas, aqui o que me custa é ver que a média etária desta fracção não está limitada aos mais velhos mas sim aos mais novos, e por aí dou por mim a questionar como é possível a limitação de pensamento desta gente? 
Aliás mais irónico ainda é como pode um homem (o Papa Francisco é um homem antes de ser Papa) passar de bestial a besta? Mais, sendo a mesma igreja perita em limitar o pensamento livre como podem eles questionar aquele que é supostamente o expoente máximo do poder dentro da mesma.
Confesso que pouca coisa me mete medo, mas o fanatismo sinceramente é uma delas... aliás não só me mete medo, como junto das baratas me mete nojo. Algo que pode alterar a mente de uma forma tal que leva as mais inconfessáveis atrocidades não só deveria apavorar todo aquele que se diz racional, como deveria ser punível severamente pela lei.
Aqui o que me incomoda seriamente é ver que por medo de perder a verdade (seja qual for, de quem for, ou o que for) se coloca na berlinda um homem que verdadeiramente encarna o ensinamentos daquele que criou de facto o Cristianismo... aliás a disparidade tem sido tanta que a Igreja já deixou de ser Cristã para começar a ser católica.
Questiono-me se Ele volta-se não seria também agora criticado por aqueles que juram defender o Seu nome... mas isso são outros 500.
Polémicas a parte, já que não é disto que se trata, nem eu pretendo ofender as convicções de ninguém, apenas porque não são as minhas, questiono-me até aonde estarão dispostos a chegar para evitar essa tão assustadora mudança, numa seita (sim é uma seita independentemente dos floreados que lhe queiram dar) que tem por história calar os que agem de uma forma que não tenha sido previamente apurada por eles... sejam eles quem sejam.
Namasté! 

2 comentários:

dom disse...

Sabes que a evolução ( e por muito que esta seja uma lei natural ) não atinge muita gente que das duas uma ou nasceu com estúpidez natural ou adquiriu-a ao longo dos tempos tendo contrariado então a lei da evolução o que neste caso até acredito porque a excepção confirma a regra.

Dito isto... Natura non facit saltum ... o que confirma que poderemos evoluir dos Símios mas alguns não evoluiram totalmente.

Ainda acrescento como disse este Papa que admiro "Timeo hominem unius libri" ... o que parece que muitos se ficam pela Bíblia.

Nestes casos aplico Audi, vide, tace, si vis vivere in pace ... e olha que resulta bastante !

Beijo

Utena Marques disse...

Dom,

Como digo no meu texto não critico as opiniões, embora não as aceite.
O medo da mudança ainda se mantém muito enraizado na mente das pessoas... mais! A necessidade de ser o dono da verdade tolda em grande medida o senso da razão!
Enfim...

Beijo