sexta-feira, 4 de março de 2011

E tudo o vento mudou...

Que alguém me esclareça por favor, ou me diga se a culpa é minha e esta minha forma de ver a vida onde uma pedra é uma pedra e não uma qualquer obra de arte impressionista.
Custa-me os fígados ter de lidar com as pessoas que mudam de opinião, como quem muda de cuecas. Não estou a dizer que não se tenha direito a mudar de opinião (e de cuecas o que aliás é bastante aconselhável) aliás eu mudo várias vezes e assumo (aqui falo obviamente das duas... as cuecas e a opinião) … mais quando mudo se a mudança afecta não só a minha mas a vida de mais alguém que divide este caminho comigo, faço questão de lhe explicar o porque da mudança.
Agora o que não entendo e sinceramente não aceito de maneira nenhuma é as pessoas não só mudarem de opinião, mas também mudarem o que são para “agradar” hoje uns e amanha outros.
E aqueles que dizem mal de alguém a ti e fazem o contrario quando estão com quem acabam de difamar? Essas é que sim… adoro quando se cruzam no meu caminho é como se me tivesse saído o Jackpot do esbardalhanço… pois poucas coisas me dão mais prazer que as desmascarar em frente não só dos visados mas de todos os que quiserem assistir, pois se houve ditado que aprendi e aprendi tão bem que o aplico á letra foi:
“Nas costas dos outros vemos as nossas”.
Custa-me engolir e isto basicamente porque:
1.       Não peço nada a ninguém, nem apoio, nem que concordem comigo porque sim, nem que me pensem que sou a Deusa das certezas e das raras duvidas,
2.       Cada um tem direito a sua opinião, nem mais nem menos, e se somos conhecidos nada temos que fazer… pode-se simpatizar com a opinião dos outros mas não temos de mudar 180º para provar isso…
3.        Uma das coisas que aprendi foi que os fretes custam imenso a digerir… e sinceramente a mentira para mim dá muito trabalho a manter… logo o facto de estarmos a enterrar-nos em diz que diz e faz que não faz, por motivos que sinceramente a minha imaginação não abrange, não me parece produtivo ou satisfatório.
4.       Se mostrarmos realmente como somos, o que acontece é que vamos ter a certeza que pelo menos 50% das pessoas que lidam, que se atravessam na nossa vida vão acabar por ficar… presentes ou em doces lembranças porque sabem e sabemos com o que contamos e muito honestamente prefiro ser lembrada com um sorriso… mesmo de ano a ano que com a testa enrugada e a sempre presente pergunta:”porque raio fez ela aquilo”
Agora a pergunta dos 100.000€:
Porque me lembrei eu de escrever sobre este tema?
Não, não foi do nada, estava eu ontem muito bem na minha vidinha e imaginar formas de tortura a espanhóis, sim porque a raiva amena mas ainda não passou, quando recebo uma mensagem de uma pessoa do meu antigo ginásio a dizer qualquer coisa como isto:
“Meninas espero que estejam bem, eu voltei ao Ginásio **** porque é mais fácil para mim e fica mais perto de casa!”
Ora eu não sou propriamente burra, faço-me as vezes porque dá jeito e sabia exactamente quem eram “As meninas”, mas detesto que me incluam em mensagens estilo conferencia pois isso implica uma cumplicidade que não existe entre mim e a autora da mensagem… mandei logo uma sms a uma das meninas, essa sim cúmplice, companheira e amiga… embora brrrr dentista (sorry Kiki), a dizer:
“Olha lá, recebeste a sms da ***” ao que ela responde “Recebi, estou com uma paciente mas não entendi”…
E não entendemos porque? Porque aqui a madame não só esteve do nosso lado aquando da bronca no ginásio, como falou cobras e lagartas do dono… e só não lhe deu um enxerto porque não deixamos… pensávamos nós claro está!
E aqui temos um típico exemplo do que disse acima, não lhe tinha ficado muito melhor dizer que entendia o que nós estávamos a passar, que não concordava mas que para ela não dava até porque era nossa colega de ginásio e nada mais?
No fim lá lhe respondi:
“Estou óptima a treinar no Ginásio **** e nada tens de pedir desculpa”, enquanto a minha vontade era:
“Olha lá oh parva de merda, então depois do que disseste, da lenha que colocaste na fogueira… de teres incendiado os ânimos agora voltas tipo filho pródigo para o sítio onde supostamente foste mal tratada? Cresce e aproveita deixa de mandar mensagem por quartilho que não estou para te aturar”
Mas não… não disse porque há certas coisas que não valem a pena e no meio disto ganhei uma amiga… essa sim verdadeiramente cúmplice não só no ginásio como no dia-a-dia… e sinceramente? Desilusões tendo eu 33 anos? Ainda vai haver tantas….

12 comentários:

Coisas de Feltro disse...

Olá Utena... Pensa pela positiva: percebeste quem essa pessoa é, sem no entanto ela te ter chegado a prejudicar...Olha que nem sempre isso acontece! bjs

Utena disse...

Olá Coisas de Feltro,

Sim é verdade mas ainda é algo que não consigo controlar e me custa aceitar...
Valha-me a meditação a ver se establizo o mau feitio.

beijinho

TERESA SANTOS disse...

Utena,

Embora todos saibamos como muita gente "funciona", ainda não temos (muitos de nós), a capacidade de saber lidar/aceitar esses comportamentos.
Se olharmos à nossa volta, desde o cimo do topo (onde fica isso?!), até à base, esse é o "pão nosso de cada dia".
Penso que o teu grande "problema" reside numa das características que referes no teu perfil: "Quem me conhece ou me ama ou me odeia...."

Já somos duas...

Porque será?!

A rectidão, o ser franco e honesto, a apologia e prática da verdade, são características consideradas, por muitos, não abonatórias. Beijinho.

Utena disse...

Teresa,
A verdade é que as pessoas gostam de lambe botas, de elevadores para o ego e isso é um caminho fácil para a desilução e para as facadas nas costas.
Comigo sabem que sou assim hoje tal como fui ontem e serei amanha... não passo a mão pela cabeça nem digo nada para agradar ninguem, mas quem é meu amigo sabe que conta comigo, faça sol. chuva, granizo ou trovoada...
Vale a pena sermos assim acredita.

Beijinho

► JOTA ENE ◄ disse...

Efectivamente posso garantir-te de fonte fidedigna que uma pedra é uma pedra ...! lol

foxos disse...

Tens selo no meu blog

M. disse...

Tu, a Teresa e eu...Já somos duas:)

lol



Dark Pink? O vento soprou mesmo:)

Utena disse...

Jota,

Sim uma pedra e tal e qual um calhau mais nada... obrigada pela visita
:)

Utena disse...

Foxos,

Obrigada já lá vou ver beijinho

Utena disse...

M.

Ando em experiencia... mudar o visual para as visitas não se aborrecerem.... vamos ver como fica

:)

Ana disse...

Olha, sis, por isso te digo que deves escolher as TUAS batalhas. E sublinho TUAS propositadamente, babe, porque tens que tirar da cabeça a ideia da "equipa-maravilha". Sabes a que me refiro... Luta por ti, pelo que achas certo, pelo que vale a pena. Se alguém te acompanhar na luta, fixe. Se não, não faz mal, é porque não fazia falta.
Estas coisas acontecem, para nós conhecermos realmente, as pessoas, mas principalmente, para nos orientarmos a nós. Vale?
Beijoooooooooos

Utena disse...

Olá minha irmã,
Desta bisca já eu contava com esta atitude... aliás estava a espera dela desde de Fevereiro... Mas sim concordo equipa maravilha existiu uma e mais nenhuma...
Saudades....
beijinhos