sábado, 23 de abril de 2011

Prova de coragem



Porque a minha família é o meu apoio e a minha base!
Porque é nela que vou todos os dias buscar a minha coragem e a minha força.
Porque existem momentos que devem ser vistos… admirados e louvados!
Porque é nos pequenos gestos que se vêm homens grandiosos!
Eis a minha partilha com vocês que me seguem!
Eu fiquei comovida e vocês?

8 comentários:

Sonhadora disse...

É exactamente disso que falo hoje no meu cantinho... A família É a nossa força...! ;) Adorei o vídeo! Beijinho ***

M. disse...

A coragem está todo no pai. Nele está força de vontade, que espero não seja obstinação. Desistir não tem mal nenhum.

Mas respeito. Não sei o que o movia:)

Utena disse...

Sonhadora,
Sim a família é tudo... a verdadeira pelo menos e não a que nos é imposta.
Beijinhos

Utena disse...

M.
No pai está o orgulho e o apoio.
Nele a preserverança de não desiludir o país e de acabar algo que começou.
Desistir não tem mal... não dar tudo aí sim está o "busilis" da questão

M. disse...

Vou discordar! Efeitos da Páscoa!!!!

Essa de honrar o país é, para mim, tretas que nos inculcaram e assim fazer com que, ao longo da história, mães chorassem os filhos e pais recebessem condecorações em nome dos mesmos.

Dar tudo sim, quando há um objectivo válido. O pai deu todo ao saltar da bancada para AJUDAR um filho, não a acabar a corrida, antes a terminar o sacrifício.

Não me interpretes mal: morreria por alguns pessoas sem a menor das hesitações. Não o faria por uma bandeira, um hino ou um orgulho pessoal...


Sinto que não me vou conseguir explicar da forma que quero...Tentarei de novo:)

Anónimo disse...

Utena surpreendeste-me numa tarde enfadonha de Abril!
Parabens MAMUSKA linda.

Logos e Praxis

Utena disse...

M.
Explicas-te muito bem... posso não concordar com o sacrificio pelo país ou pela bandeira mas entendo o que muitas vezes certos atletas fazem e passam por ele...
Quem diz atletas diz soldados...
O que levou a tamanho sacrificio só ele sabe... o que louvo? O amor incondicional da familia.

Utena disse...

Caríssimo Logos et Praxis,

Pensei que não passava a desejar-me Boa Pascoa e tal!
Surpreendi-o? Isso é bom ou mau?
Não gosta de uma tarde chuvosa? Sabe tão bem… Pelo menos quando estamos em casa ou na companhia de quem gostamos.
Volte… que sinto falta de si (as vezes!)
Beijinhos