sábado, 28 de maio de 2011

Olho ao espelho...

Não é um texto de auto-ajuda… não tão pouco um de auto-elogio… muito menos um texto de modéstia fingida…
Não pensem… é pah ela gosta muito pouco dela! Já passei por essa fase… foi longa, dura e auto-destrutiva… mas como as marés de Inverno veio e foi!
No entanto olho para o espelho em busca do que me difere dos outros e nada vejo… sou tão normal que até poderia ser considerada a normal no meio dos normais!
Não sou uma mulher de fazer parar o transito… sou diferente… sim isso eu sei que sou! A maior diferença é os olhos….que podem ser terrivelmente assustadores ou maravilhosamente doces… e grandes como o camandro… aliás eu digo na brincadeira que os meus pais perderam tanto tempo a faze-los que se esqueceram de aprimorar outras coisas J
Para não pensarem que exagero as minhas lentes de contacto têm de ser feitas por encomenda em 100 existe 1 com o meu tamanho de olhos e não! Ok? Podem parar já as brincadeirinhas não são olhos de cachucho… são olhos que conseguem ler até ao fundo da alma.
Tenho uma inteligência acutilante também… diferente igualmente com uma capacidade surpreendente para o que é difícil e uma falta de paciência para o que é “trigo limpo, farinha amparo!”
No entanto tirando isso sou… normal dentro da normalidade do que é diferente… J (foi boa esta agora!)
No entanto hoje, alguém me disse: “deveria haver mais pessoas como tu no mundo!” e eu dei por mim a pensar o que raio é que eu tenho que se mostra aos olhos dos outros e não aos meus?
E no meio desses pensamentos altruístas e terrivelmente convencidos não pude deixar de me sentir não triste… melancólica!
Porque é quase como se me sentisse quando procuramos emprego e alguém nos diz… não lhe vou dar este trabalho por está abaixo das suas capacidades… e nós naquela altura a única coisa que queremos é trabalhar… estar activos… dentro do mercado… mas temos capacidades a mais e por isso somos colocados de lado!
Vá! Não é tão estranho como possam pensar a comparação… porque se assim não fosse eu estaria com alguém também especial do meu lado! Que me desse esse valor que tantas vezes me dão… mas que no fim das contas tenho requisitos a mais!
Não! Não me vejo ninguém especialmente diferente… não me rejo apenas pela mentalidade pequena da sociedade hoje em dia… mas tenho um lado obscuro que poucos conhecem mas que alguns temem…
Digo o que penso… caio muitas vezes… erro mais ainda!
Mas levanto-me… sacudo a poeira do vestido e aprendo e não cometo os mesmos erros!
Tenho sede de aprender… e a capacidade de ouvir… de ouvir o que não é dito com a boca mas tão bem descrito com a alma!
Não julgo… não acuso! Mas não perdoo… e sou persistente, teimosa e meticulosa… e vingativa!
Não sou mas gostaria de aprender a ser um pouco cínica… e mais fria e talvez um pouco menos intempestiva!
Adorava ter a capacidade de não sangrar com a dor dos outros… mas nasci com a inapta aptidão para lutar todas as batalhas que se apresentam no meu caminho!
Adoro rir quando me apetece chorar… e choro quando deveria rir!
Vibro com o que amedronta maior parte da população… sinto prazer em sentir entre os dedos nus das minhas mãos o poder que se sente da terra…
Acredito que não estamos apenas de passagem e que pagamos o mal que fazemos aqui… se não da primeira vez nas outras que se seguirem e faço questão de marcar bem isso a quem me apunhala pela costas!
Enfrento sempre as contrariedades de frente… olhos nos olhos!
Abomino a covardia… mas já o fui para proteger quem amo!
Dou o colo a quem precisa de abrigo… procuro-o colo se quem necessita de ser abrigada sou eu!
E amo muito… com a leveza inocente da alma e a pesada cruz da espada e da armadura que aceitei vestir!
Amo sem entraves e sem receios… sem ses nem porquês… e não exijo que me seja dado em troca o amor que dou!
E nunca retiro a mão estendida… seja a quem for… como for e em que circunstancias for!
Se isso faz de mim especial… se isso faz com que devesse haver mais pessoas como eu no mundo… aceito!
E orgulho-me disso!

10 comentários:

Olívia Palito disse...

Revejo-me em muitas das tuas palavras, querida Utena.
Mas eu cheguei a uma conclusão: aquilo que somos cá dentro, demonstra-se cá fora e muito através do olhar, e este acaba por transformar quer para melhor, assim como para pior as pessoas fisicamente. (Nunca tiveste nenhuma situação de alguém que não achavas nada bonito/a, mas que após falares ficares com uma ideia diferente até fisicamente, ao ponto de pensares "eu não sabia que fulana/o "X" era tão bonito/a? Não sei se me faço entender?
Acho que é isso que acontece contigo, a beleza interior transforma-te exteriormente.
(além de duvidar que sejas uma tótó de qualquer das formas! Mas pronto!)

Com tudo isto, era para te dizer que entendi cada uma destas palavras. E claro, fiquei a saber que tens uns olhos ENORMES e expressivos e aquele "je ne sais quoi" que não se explica mas que está latente quando se enxerga. ;)

Beijo e bom fim-de-semana querida Utena.

Utena disse...

Olívia querida,
A beleza para mim expressa-se do interior para o exterior... na grandeza do que somos e do que alcançamos na base da nossa personalidade.
Assim como tu...deves ser linda!
Por dentro e por fora!
Sei que a imagem é o primeiro que vemos e que como um prato de comida se come com os olhos mas manter... o depois?
Sem contexto fica tudo no ar... na aparencia!
Beijos bom fim-de-semana

Álvaro Lins disse...

A imagem é aquilo que os outros veêm! Nós, somos aquilo que queremos ser! Isto sim que é importante.
Bjo

Rafeiro Perfumado disse...

Agora com essa descrição que fizeste dos teus olhos vou imaginar-te como o gato do Shrek...

Sofia disse...

Orgulha-te da pessoa que és, tens mais que motivos para isso e eu sei que isso acontece! Porque as pessoas especiais têm o dom especial, passo a redundância, de fazerem as outras felizes :)
Beijinhos,
Sofia

Utena disse...

Álvaro,
Mas as vezes é preciso passar a imagem do que realmente somos.
Pelo menos quando somos verdadeiros com nós próprios.
Beijinhos

Utena disse...

Rafeiro,
O gato do Shrek é um fofo e consegue sempre tudo com aqueles olhos...
Agora imagina uma gata =)
Beijinhos

Utena disse...

Sofia,
Se servir para fazer que amo feliz e quem gosto amado vale a pena!
Beijinhos

Rafeiro Perfumado disse...

E reparaste como fui simpático? Havia montes de bichos feios com olhos grandes com os quais te podia ter comparado... ;)

Beijoca!

Utena disse...

Rafeiro,
Reparei pois que és um doce cavalheiro e um simpático galã...
Só por isso aqui vai um beijo ronronado.