terça-feira, 2 de abril de 2013

Novo mês

Tenho andado ausente eu sei... Não tenho estado muito eu e por isso tenho estado mais quietinha no meu cantinho... tentando recuperar um pouco do que sou.
Não somos de ferro e a verdade desse facto as vezes precisa de me bater em cheio nos cornixos para eu me aperceber disso.
Mas estamos num novo mês, o sol hoje já brilhou pelo que posso começar a sair da toca outra vez.
Obrigada por se manterem por aí!
Namasté

10 comentários:

JP disse...

O sol já brilhou mas é de pouca dura. E tens razão - não és de ferro, nem tu nem ninguém

É bom ter-te por cá de novo.

Beijinho

Anónimo disse...

Ao recperarmos aquilo que somos, o que iremos ser!?

dom disse...

Eu? ...eu estou sempre aqui :)
Beijos

Observador disse...

Namasté.

Sam Seaborn disse...

O sol… o absoluto “Deus” do nosso estado de alma… (risos) Quando sindo que a terra “treme” tenho por hábito procurar o que me dá prazer e tudo o que me consiga motivar a ser produtivo, ficar quieto não é válido unicamente por ser tempo que nunca irei recuperar… abraço

Utena disse...

JP,

Mas as vezes bem que gostava de ser.

Beijos

Utena disse...

Anónimo(a),

Nós mesmos?

Utena disse...

Dom,

E ainda bem por isso

Beijos

Utena disse...

Observador,

Namasté!

Utena disse...

Sam,

As vezes é preciso parar, respirar e ganhar forças para continuar

Abraço