segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Paixão


Tenho muitos ódios de estimação que não poderia viver sem eles, fazem parte de mim e do que sou, são digamos muitas vezes a minha droga e dose de adrenalina diária.
Mas de forma a não parecer sempre muito cabra, não que isso me faça ter algum tipo de problema e porque hoje estou mais ou menos de bem com a vida, vou falar de um dos meus amores de paixão.
Amante das noites frias e pensativas, que tenho tantas vezes... a lua...
Sou apaixonada por ela, sempre o fui desde de pequena, adoro ficar com o nariz colado a janela do meu quarto a admirar a dona da noite, das horas solitárias e mortas no mundo... Gosto de ficar a olhar para ela até deixar de existir fisicamente... até ficar junto a ela... até me transformar nela...
E depois de "ouvir" o que ela me tem a dizer gosto de sensação de voltar a ser eu... o sentir as dores do pescoço a sensação de dormência de tanto tempo ter estado imóvel.
A Lua preenche-me, circunda-me, absorve-me... faz-me sentir mais, ser mais, viver mais...
É engraçado que muitas vezes serve até de código entre mim e alguém que gosto e admiro... mensagens como vê a Lua ou sente a Lua que para mim diz tanto, é tanto!
Fascina-me o seu brilho dourado, as suas faces que tanto se podem identificar com as fases que passamos na vida...
Gosto principalmente de a admirar numa noite de frio, daquelas em pleno Inverno, onde nem o vento corre, nem as estrelas brilham... Só eu… ela e o vapor que sai da minha boca quando de pijama sentada a janela a torno confidente…

4 comentários:

Pedro Bom disse...

Aiii que mulher ALUADA eheheh

Utena disse...

UI nem tu imaginas e se me dá para uivar a lua é o terror!

Mega disse...

A lua
A lua é uma fiel companheira que para alem de nos aparecer em todo o seu explendor de 28 em 28 dias tambem influencia a nossa vida (por exemplo nas marés).
O falares da lua faz-me lembrar o unico filme que vi em estreia que foi "Um lobisomem americano em Londres" em que tinha como banda sonora umas 8 versões da musica "Blue Moon".
Conheço bem o teu usar da lua e percebo-o, mas existe um detalhe que me faz confusão...
"A Lua preenche-me, circunda-me, absorve-me... faz-me sentir mais, ser mais, viver mais...", escreves tu, mas de pijama?????
Beijos sorridentes

Utena disse...

Tu não sejas maldoso... é de pijama porque é a altas horas da madrugada...
Mas o meu não tem atilhos por isso.
beijos a sorrir