terça-feira, 1 de março de 2011

Quero...

Quero sentir-te sem a prisão imposta por esse blusão de motard… sem o tempo contado pelos ponteiros do relógio…
Sentir-te completo… isolar o mundo lá de fora!
Vem… suave e sem eu sentir… tocar a minha pele com o doce sabor dos teus lábios…invadir os meus sentidos com o quente dourado do teu olhar.
Quero provar a intensidade do teu calor… sentir como reages ao meu toque… há visão da ponta dos meus dedos…
Quero parar-te a respiração apenas com a força do meu olhar!
Quero equilibrar… desequilibrando a tua certeza naquilo que podes esperar de mim…
Louca! A doçura da loucura equivale-se na beleza do momento!
Fugir do que sabemos que vai acontecer, não é loucura… é apenas o prolongar do prazer!
Entrega-te a mim… deixa-me marcar a tua pele de uma forma que ninguém saiba… só ela reconheça… quero sentir-te a reagir enquanto passo as unhas pelo teu peito…observando o entreabrir dos teus lábios.
Nada é proibido… as proibições deixa-as ficar do lado de lá da porta encerrada do nosso reduto secreto.
Quero abraçar o teu corpo sem barreiras ou restrições… meu… entregue… confiante… quente!
Sentir que por instantes o mundo deixa de ser global e passa a ser irreal… ausente… longe!
Vem…quero sentir o teu sussurrar no meu ouvido que me faz gemer inconscientemente… as tuas mãos no meu corpo… possui-me! Absorve-me… Faz-me esquecer por breves instantes quem sou e onde estou!
Derrete-me com o teu olhar de âmbar e deixa-me ficar exausta mas leve… plena de ti… entregue aos segredos do teu saber que mais ninguém descobriu!
Abraça-me… sente-me quente e desejosa… conhecedora do teu sabor… reconhece em mim a mulher que vês ausente e austera quando nos encontramos nos ínfimos momentos roubados à realidade… reconhece as duas faces da mesma moeda enquanto com o toque da tua boca… o fresco da tua língua me fazes regressar do oásis que estivemos dividindo momentos que marcam… marcas invisíveis daquilo que é feitos os sonhos... da beleza que existe na comunhão perfeita que pode causar o encontro de dois desconhecidos que por instantes resolveram fugir ao que é certo! Ao que deve ser…
Vem…. Quero-te!



12 comentários:

Isabell Culen disse...

Another one to take the breath away...

Utena disse...

Isabell,

As loucuras do momento são as melhores... obrigada pela publicidade lol
beijinhos

CARLA STOPA disse...

Deliciosamente ousado...

Mega disse...

Deliciosamente envolvente.
Faz com que me sinta no lugar da personagem, dá vontade de tirar o blusão e...
Sentir.
Sentir intensamente deixando o desejo fluir de um modo solto sem barreiras sem tabus em que tudo é permitido para o atingir do mútuo prazer.
E ir.
E vou,
Como tu sabes que vou.
Beijos

ROSINHA disse...

Utena sua safada...Em quem é que a menina estava a pensar quando escreveu este texto?Eu só consigo escrever assim se estiver a pensar em alguém...Vá,conta...
Beijinhos*

Utena disse...

Olá Carla,

Obrigada ;)

Utena disse...

Mega,

Sei... sei como te entregas, como sabes ser completo e intenso... sem pudores nem falsos medos... apenas tu!
Beijos... nossos e azuis

Utena disse...

Rosinha,

A vantagem dos sonhos é que podemos pegar em pedaços e fazer um todo... que nos arranque suspiros e solte gemidos.
Beijinhos safados

M. disse...

Que tenhas:)

Anónimo disse...

Dá vontade sim de a segurar por trás com firmeza ânsia e desejo, percorrer o corpo com as mãos de baixo para cima até chegar à face, encostar a boca ao ouvido e sussurrar no ouvido "Apeteces-me! N digas nada porque não te vou largar até derreteres..."

Utena disse...

M.
Que tenhamos todos
:)

Utena disse...

Anónimo,

Até deu para sentir arrepios depois de te ler... sim a entrega quando é total derrete :)