quinta-feira, 17 de março de 2011

Regresso

Voltar a velhos hábitos é sempre complicado, mas existem alguns que se tornam tão enraizados… que fazem parte do que somos de uma tal maneira que mesmo que façamos algum intervalo, a necessidade de os sentirmos é tanta que mais cedo ou mais tarde voltamos a eles de duas maneiras:
·         Ou subtilmente de uma forma que nem nos apercebemos,
·         Ou da pior maneira possível, quase que se tornando vital para o nosso bem-estar retomar velhos costumes.
No meu caso tem a ver com algo que não só me equilibra como me dá repouso e energia… Meditação!
Para quem já a pratica de tenra idade, como é o meu caso, torna-se quase automático o ligar e desligar por poucos segundos… confesso que já o cheguei a fazer a conduzir, desligando uma parte do meu cérebro e mantendo outra atenta ao que se passava… no entanto a meditação é algo que requer tempo, ambiente e de certa forma predisposição para a fazer… a regra também é muito importante…
Basicamente o que acontece comigo é que os pequenos momentos em que desligava para me tentar manter de pé, tinha a mesma característica de carregar um telemóvel por 10 minutos apenas para ficar com um pouco de carga, dura pouco e dá cabo da bateria.
A meditação funciona para mim como um ponto de equilíbrio… diferente do ginásio ou da escrita verdade mas um complemento de um todo que faz com que mantenha o foco e a capacidade de criar e ir buscar energia de forma saudável.
Por isso e depois de falar com amigos que começaram uma nova meditação, enchi o peito chamei a mim a força de vontade, que me tinha abandonado nos últimos tempos de stress, e pedi uma cópia da mesma…
E como sou daquelas pessoas que quando metem uma coisa na cabeça é para ser feita no mesmo dia…assim que a tive nas mãos comecei nessa mesma noite a fazer…
Não a faço como se vêm no filmes… as velas… o incenso… as penas cruzadas… embora goste do suave tom dourado sentido suavemente pelas pálpebras fechadas ou o leve cheiro do âmbar quando medito… prefiro fazer a minha meditação deitada… os meus momentos de black out são recorrentes em meditação e nessa posição fico sempre muito mais confortável e relaxada…
Como tudo na vida vamos enraizando hábitos, de tanto irmos experimentando o que de melhor nos serve, que nos tornam as coisas mais “fáceis” e menos tensas… o problema disso é que em certas ocasiões acabamos por fazer as coisas quase que de uma forma autónoma e isso numa meditação torna as coisas perigosas….
O facto de abrirmos as mente a um estado semi-consciente, ficarmos expostos a tudo sem escudo não é só perigoso é estúpido… e foi o que eu fiz… e paguei ontem por isso… Nada que não tivesse a espera inconscientemente, porque é natural quando retomamos este tipo de coisas… existem sempre factores externos que tentam boicotar quando queremos estabilizar a nossa vida… mas ontem a pancada foi tão violenta que me tirou a respiração… deixou-me com a sensação de me sentir a afogar no escuro…
Por isso e porque como costumam dizer, casa roubada trancas a porta, esta noite invoco o meu guardião e protector e volto a meditação… porque sou teimosa… porque preciso… e porque o resultado que tenho tido em tão pouco tempo vale muito a pena!
Porque no fundo certos hábitos devem ser mantidos!

10 comentários:

Nokas disse...

Ora aí está algo que me fazia bem...

Ana disse...

Bem sei que nem precisava dizer porque conheço e reconheço a tua obstinação e disciplina quando pretendes seja o que fôr, mas, cá vai: continua, sis!
Além disto, só te quero dizer que fiquei tremendamente feliz ao ler a tuas palavras e apeteceu-me gritar: "Ah! Gaja do meu coração!"
Beijoooooos

Utena disse...

Nokas,
Porque não fazes?
Aos pouquinhos ;)

Utena disse...

Sis,
Sabes que sou teimosa que nem uma mula para o bem e para o mal right?
Adoro-te
Beijinhos

M. disse...

Eu sou mais de medeitar que de meditar...lol


Mas um dia destes vou.me iniciar:)

Tilida5ever Design-ROSINHA disse...

Eu gostava de aprender a fazer meditação...Deve haver sítios onde se aprende,vou investigar!
Beijinhos*

Utena disse...

M.
Eu também medito... medeitada... mas faz bem!
Experimenta um mês vais sentir as diferenças
:)

Utena disse...

Tilida,

Deve existir sim formas de aprender, mas eu sempre fui autodidata...
Meditação para mim é cada cabeça sua sentença e depende muito de cada um...
Mas tens livros e cursos assim como CD que te auxiliam no inicio
Beijinho

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Nunca experimentei fazer... talvez por ter receio de não começar da forma correcta... quem sabe um dia..

Utena disse...

Especialmente,
Não existe forma correcta... nós vamos adaptando conforme vamos sentindo...
Experimenta um dia... sem stress... cinco minutos de cada vez